«Estamos orgulhosos» – Julen Lopetegui e Jorge Nuno Pinto da Costa

Jorge Nuno Pinto da Costa acompanhou Julen Lopetegui à sala de imprensa, após o empate obtido no relvado de Braga. Técnico e dirigente evitaram dissecar a arbitragem de Cosme Machado, optando por enaltecer a resposta dada pela equipa. «Orgulho» foi a palavra mais ouvida.

O técnico espanhol foi muito sintético.

«Hoje só quero dizer uma coisa. Estou tremendamente orgulhoso dos jogadores, do clube e dos adeptos. Nada mais.»

Os jornalistas questionaram o técnico sobre lances do jogo, mas Lopetegui não saiu da mensagem inicial.

«Os jogadores mostraram muito caráter. Não tenho mais nada a dizer.»

Pinto da Costa estava sentado numa cadeira, ao lado dos jornalistas, e aceitou deixar algumas palavras. Semelhantes às do técnico.

«Estou muito orgulhoso dos meus jogadores, adeptos e treinador. Cosme Machado? Se viram alguma coisa, digam vocês.»

«Não estou revoltado, estou orgulhoso. Não é normal vir cá porque não é normal sentir tanto orgulho», continuou o presidente do FC Porto. «A vergonha não se vende nas farmácias.»

«Os jogadores estão orgulhosos do que fizeram.»

Fonte: maisfutebol.iol.pt

Anúncios