Hóquei em patins: “Rei” liderou a reviravolta em Oliveira de Azeméis

O FC Porto Fidelidade venceu este sábado a Oiveirense (6-5), em Oliveira de Azeméis, em jogo a contar para a 16.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Com este triunfo, os azuis e brancos mantêm a segunda posição na tabela e três pontos de desvantagem em relação ao primeiro classificado.

Num jogo sempre complicado frente a uma das boas equipas do campeonato português, as coisas dificilmente poderiam ter começado pior para os azuis e brancos, que viram André Azevedo inaugurar o marcador numa rápida jogada de contra-ataque, logo aos três minutos. Curiosamente, a primeira parte foi de tal forma disputada que poucas ou nenhumas oportunidades de golo se criaram, pelo que o remate vitorioso do jogador da Oliveirense fazia toda a diferença ao intervalo.

A segunda parte em nada foi igual à primeira e os Dragões surgiram completamente transfigurados, assumindo rapidamente a liderança do marcador com golos de Jorge Silva (27m) e Pedro Moreira (28m) num par de minutos. Gonçalo Alves (32m) voltou a deixar tudo igual mas depois entrou em cena o capitão Reinaldo Ventura, autor de três golos consecutivos, todos eles na sequência de bolas paradas. Dois livres directos (39m e 42m) e uma grande penalidade (44m) superiormente marcados quebraram a resistência oliveirense.

Já depois de Caio fazer o gosto ao stick (47m), Albert Casanovas, também ele autor de um hat-trick, mas da marca de grande penalidade (37m, 46m e 49m), fez perigar a vantagem azul e branca, que se manteve segura até final. Chamado a defender a baliza portista nos últimos 97 segundos do jogo, Nélson Filipe esteve à altura e deu também ele o seu contributo para um triunfo que mantém o FC Porto Fidelidade na luta pela liderança do campeonato.

FICHA DE JOGO

OLIVEIRENSE-FC PORTO FIDELIDADE, 5-6
Campeonato Nacional, 16.ª jornada
21 de Janeiro de 2015
Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis

Árbitros: Ricardo Leão (Lisboa) e Jaime Vieira (Alentejo)

OLIVEIRENSE: Xavier Puigbí (g.r.), Albert Casanovas, Tó Silva, André Azevedo e Gonçalo Alves
Jogaram ainda: Nelson Pereira, Martin Montivero, Diogo Silva (cap.) e Rúben Pereira
Treinador: Tó Silva

FC PORTO FIDELIDADE: Edo Bosch (g.r.), Pedro Moreira, Ricardo Barreiros, Caio e Jorge Silva
Jogaram ainda: Hélder Nunes, Rafa, Vítor Hugo e Reinaldo Ventura (cap.) e Nélson Filipe (g.r.)
Treinador: Tó Neves

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: André Azevedo (3m), Jorge Silva (27m), Pedro Moreira (28m), Gonçalo Alves (32m), Albert Casanovas (37m, pen.; 46m, pen.; 49m, pen. ), Reinaldo Ventura (39m, 42m e 44m, pen.), Caio (47m)

Fonte: fcporto.pt

Anúncios