Escape inesperado

Assim o FC Porto carimbe o 1.º lugar no Grupo D da Taça da Liga amanhã, diante da Académica, os Dragões voltarão ao estádio onde sofreram o seu último desaire. O Marítimo já está à espera de adversário nas meias-finais da prova e o exemplo do último domingo pode baralhar o padrão pelo qual tanto Lopetegui como os próprios Dragões ao longo da história da competição se têm regido.

Caso siga em diante, o FC Porto terá de medir a importância que continuará a dar à Taça da Liga, uma prova na qual o espanhol tem dado minutos aos menos utilizados do plantel, mas que, face ao contexto no campeonato nacional, poderá tornar-se mais apetecível e obrigar a uma aposta mais vincada ao nível do onze inicial azul e branco.

A 1.ª mão de uma eventual meia-final entre Marítimo e FC Porto jogar-se-á a 11 de fevereiro, entre a deslocação dos Dragões a Moreira de Cónegos e a receção ao V. Guimarães, ambas relativas à Liga.

Fonte: record.xl.pt

Anúncios