«FC Porto e Benfica não têm o direto de melhorar?» – Jorge Mendes

«Uma completa estupidez.» É com estas palavras que Jorge Mendes classifica o fim da partilha de passes de jogadores decretado pela FIFA e o fair play financeiro da UEFA. Numa entrevista dada à agência Reuters em Singapura, o superagente português foi muito claro. «É completamente ilegal… Ambas as coisas são ilegais», defende.

Para o empresário de 49 anos, «ninguém tem o direito de impedir um jogador de ter um emprego melhor.» Além disso, Mendes acredita que a partilha de passes com fundos de investimento «é um mecanismo de apoio aos clubes mais pequenos.» «Benfica e FC Porto não conseguem mais do que 18 milhões de euros por ano da TV, enquanto que em Inglaterra qualquer clube recebe 80 ou 90 milhões. Eles não têm o direito de melhorar?», pergunta.

«Estão a matar o futebol. (…) O que é que eles querem? Uma competição apenas com Real Madrid, Barcelona, Bayern e Manchester United?», prossegue, mostrando-se esperançado que a partilha de passes seja novamente autorizada em breve e que o fair play financeiro termine: «Se forem para tribunal, perdem um milhão de vezes.»

Fonte: record.xl.pt

Anúncios