Andebol: Festival de contra-ataque na vitória sobre o Santo Tirso

O FC Porto bateu este sábado, em ritmo de cruzeiro, o Santo Tirso, por 37-22, em encontro da 19.ª jornada do Andebol 1. Ricardo Moreira apontou oito golos na vitória que permitiu aos azuis e brancos manter uma confortável vantagem na liderança da classificação. O encontro ficou marcado pela facilidade com que os Dragões conseguiram situações de contra-ataque (finalizaram por 21 vezes e marcaram em 16 delas), face a um adversário nitidamente inferior (é penúltimo da classificação) mas que fez todos os esforços para oferecer alguma réplica aos hexacampeões.

A crónica desta vitória anunciada tem de ser iniciada com o parcial de 11-4 conseguido pelos Dragões nos primeiros 15 minutos. O Santo Tirso era uma equipa em que os contra-ataques entravam como faca quente em manteiga: bastava a defesa portista manter-se atenta e agressiva para recuperar a bola e depois lançar os ataques rápidos, gerando muitas situações em que vários portistas surgiam isolados face ao guarda-redes tirsense. Com tantas facilidades e face à enorme enorme diferença técnica, de velocidade e agressividade entre as duas formações, os portistas deram-se mesmo ao luxo de cometer alguns falhanços na finalização. Ao intervalo, a vantagem era assim de apenas seis golos (18-12).

O guarda-redes Ricardo Castro também parou vários remates dos Dragões, especialmente no início do segundo tempo, em que o Santo Tirso até obteve um parcial favorável de 7-5, para chegar aos 23-19, aos 40 minutos. Tratou-se, nesse período, de um encontro ainda mais confuso, com o FC Porto a cometer também várias falhas técnicas que permitiram contra-ataques fáceis aos tirsenses.

Um time-out oportunamente pedido por Ljubomir Obradovic estabilizou a equipa da casa, que depois arrancou para um resultado fogado, com uma margem de 15 golos à maior. O técnico deu minutos a todos os jogadores, inclusive aos jovens Leandro Semedo (lateral-esquerdo), Miguel Alves (ponta-direita) e David Sousa (guarda-redes).

FICHA DE JOGO

FC PORTO-SANTO TIRSO, 37-22
Andebol 1, 19.ª jornada
31 de Janeiro de 2015
Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: Rui Almeida e António Oliveira

FC PORTO: Alfredo Quintana e David Sousa (g.r.); Babo, Gilberto Duarte (3), Leandro Semedo (2), Yoel Cuni Morales (3), João Ferraz (7), Miguel Martins, Daymaro Salina (3), Nuno Gonçalves (1), Ricardo Moreira (8), Alexis Borges (3), Hugo Santos (2), Nuno Roque (2), Miguel Alves (1) e Mick Schubert (2)
Treinador: Ljubomir Obradovic

SANTO TIRSO: Ricardo Castro e Carlos Amaral (g.r.), Sérgio Silva, João Nogueira (1), Mário Lourenço (4), Tiago Silva, Paulo Martins (2), Francisco Fontes (4), Paulo Sousa, Pedro Garcia (2), Bernardo Gomes, Jorge Avidos (1), Daniel Costa (2), José Rebelo (4) e Mário Rego (2)
Treinador: Luís Santos

Ao intervalo: 18-12

Fonte: fcporto.pt

Anúncios

Hóquei em patins: Dragões batem leões no primeiro clássico do ano

Não há duas sem três. O FC Porto Fidelidade fez jus ao ditado e venceu o Sporting por 5-2, equipa que venceu sempre que recebeu em casa, desde o regresso dos lisboetas à primeira divisão. A vitória conquistada em 2012/13 e na época passada foi, assim, repetida na tarde deste sábado, na 17.ª jornada do Campeonato Nacional. Ricardo Barreiros e Jorge Silva bisaram e Hélder Nunes assinou o outro golo do jogo no primeiro clássico do ano no Dragão Caixa.

Não se esperava um triunfo tão gordo como aqueles que os azuis e brancos conseguiram quando no seu pavilhão defrontaram os lisboetas, nas duas últimas temporadas (12-0 há dois anos, 11-2 no ano passado), tendo em conta a quarta posição que os leões ocupavam à entrada para esta jornada. A verdade é que os Dragões entraram no jogo a todo o gás e deixaram pairar no ar a possibilidade de um novo resultado gordo. Logo ao primeiro minuto, Ricardo Barreiros inaugurou o marcador, que só foi dilatado 15 minutos depois, porque até então Ângelo Girão não o permitiu. O segundo golo surgiu depois de o avançado portista ficar isolado na cara do guarda-redes leonino, fixando a vantagem com que os portistas recolheram para o intervalo.

Na segunda parte, o Sporting respondeu e ainda viu duas bolas baterem nos postes da baliza de Edo Bosch, antes de reduzir o marcador para 2-1. A equipa de Alvalade não teve, porém, muito tempo para festejar o golo, porque logo a seguir Hélder Nunes fez o terceiro. O quarto e o quinto chegaram pouco depois, por intermédio de Jorge Silva, que precisou de apenas quatro minutos para bisar na partida e chegar ao 15.º golo no campeonato. No último minuto, Ricardo Figueira diminuiu a desvantagem sportinguista para três golos, fixando o resultado final em 5-2.

“Foi uma vitória incontestável da melhor equipa, da equipa que abordou o jogo da melhor forma e conseguiu controlar bem o adversário, que, em vantagem, é uma equipa muito competente e difícil de contrariar. Conseguimos marcar primeiro e, a partir daí, gerimos bem todos os momentos de jogo e fomos uma equipa superior”, afirmou o treinador Tó Neves, no final do jogo, em declarações ao www.fcporto.pt e ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-SPORTING, 5-2
Campeonato Nacional, 17.ª jornada
31 de Janeiro de 2015
Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: Joaquim Pinto e José Pinto

FC PORTO FIDELIDADE: Edo Bosch (g.r.), Pedro Moreira, Jorge Silva, Reinaldo Ventura e Ricardo Barreiros
Jogaram ainda: Rafa, Vítor Hugo e Hélder Nunes
Treinador: Tó Neves

SPORTING: Ângelo Girão (g.r.), Ricardo Figueira, André Moreira, Tiago Santos e João Pinto
Jogaram ainda: Daniel Oliveira e André Pimenta
Treinador: Nuno Lopes

Ao intervalo: 2-0
Marcadores: Ricardo Barreiros (1m, 15m), Jorge Silva (41m, 45m), Ricardo Figueira (37m, 49m), Hélder Nunes (39)

Fonte: fcporto.pt

Futebol Formação (Sub-19): “Hat-trick” de Leonardo na goleada ao Freamunde

O avançado colombiano Leonardo apontou três dos seis golos com que o FC Porto “despachou” o “lanterna vermelha Freamunde, na 22.ª e última jornada da zona Norte da 1.ª fase do Campeonato Nacional de Juniores A. No encontro, disputado no Centro de Treinos e Formação Desportiva Porto Gaia, no Olival, Rui Pedro, Sérgio Ribeiro e Tony Djim apontaram os outros golos, sendo que cinco deles foram apontados na segunda parte. Os Dragões terminam a zona Norte com 51 pontos (15 vitórias, seis empates e uma derrota), mais sete do que o segundo, o Vitória de Guimarães.

A equipa de António Folha dominou totalmente a primeira parte, mas faltou maior objectividade e passes de ruptura para criar mais situações de golo. Ainda assim, Leonardo abriu o marcador aos 43 minutos, após bom trabalho de Rui Pedro. Na segunda parte, o FC Porto melhorou e o adversário mostrou-se menos agressivo, devido ao desgaste da primeira parte. Leonardo completou o seu hat-trick (com golos aos 66 minutos, de penálti, e 70) e Rui Pedro (47), Sérgio Ribeiro (89) e Tony Djim (90) fecharam a contagem.

Para além do FC Porto, estão apurados para a fase final da prova Vitória de Guimarães, Rio Ave, Gil Vicente, Benfica, Sporting, União de Leiria e Nacional.

Os Sub-19 alinharam com: Filipe Ferreira, Fernando, Jorge Fernandes, Verdasca, Lumor, Chidozie, Bruno Costa (Sérgio Ribeiro, 71m), João Cardoso, Leonardo, Rui Moreira (cap.) (Élvis, 64m) e Rui Pedro (Tony Djim, 64m).

Fonte: fcporto.pt

19.ª jornada da Primeira Liga – FC Porto x P. Ferreira: Lista de convocados

Depois de ter participado na Taça das Nações Africanas (CAN), o avançado camaronês Vincent Aboubakar foi chamado por Julen Lopetegui para a partida frente ao Paços de Ferreira, marcada para este domingo, às 20h15, no Estádio do Dragão. Dos eleitos do técnico espanhol para o jogo da 19.ª jornada da Liga portuguesa fazem ainda parte mais quatro novidades: Fabiano, Maicon, Alex Sandro e Casemiro .

Em relação à última convocatória, para a partida frente à Académica, a contar para a quarta jornada da terceira fase da Taça da Liga, saem o guarda-redes Ricardo, os defesas Martins Indi (castigado) e José Ángel, o médio Campaña e ainda o avançado Gonçalo Paciência que, tal como Víctor García, voltou a treinar com a equipa principal.

No treino deste sábado, no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival, a grande novidade foi precisamente Aboubakar, de regresso da Guiné Equatorial, onde esteve a representar a selecção camaronesa, na CAN. Adrián López, que se limitou a realizar tratamento à lesão, e Brahimi, que continua ao serviço da Argélia, estiveram ausentes da sessão.

Este domingo, pelas 10h30, o plantel do FC Porto volta a treinar, desta vez no Estádio do Dragão, à porta fechada.

Lista de 18 convocados:

Guarda-redes: Fabiano e Helton;

Defesas: Danilo, Maicon, Marcano, Reyes e Alex Sandro;

Médios: Casemiro, Óliver, Herrera, Rúben Neves, Evandro e Quintero;

Avançados: Quaresma, Tello, Ricardo, Jackson e Aboubakar.

Fonte: fcporto.pt

«Os pontos estão cada vez mais caros» – Julen Lopetegui

​Na conferência de imprensa de antecipação do confronto com o Paços de Ferreira (domingo, 20h15, no Estádio do Dragão), Julen Lopetegui considerou que, na segunda volta da Liga portuguesa, a competição torna-se ainda mais apertada e os pontos “cada vez mais caros”. Por isso, e porque “no futebol só existe o presente”, há que concentrar todas as atenções no encontro com os pacenses, cujo estilo de jogo foi elogiado pelo técnico.

“É um facto que o jogo da primeira volta foi difícil. Também é um facto que o adversário vem moralizado depois de conseguir uma vitória merecida contra o Benfica e enfrentamos uma equipa que joga bem. É diferente das outras equipas da Liga, tenta jogar e vai obrigar-nos a fazer um jogo muito bom para lhes ganharmos”, afirmou o treinador, que não deu especial relevo aos efeitos na sua equipa do desaire dos lisboetas, na segunda-feira. “Temos de alimentar-nos dos nossos pontos, é isso que nos vai fazer subir na classificação. Se ganhamos os nossos jogos tudo vai ser mais fácil. Amanhã temos um jogo difícil e atractivo, perante uma equipa que costuma jogar bem frente aos grandes”, completou.

Os Dragões já sentiram na pele o facto de as dificuldades aumentarem à medida que se aproxima o final da época, com a derrota na Madeira. Lopetegui frisou esse facto: “Os pontos são cada vez mais caros e queremos ter qualidade para os conquistar. A vida aperta para todos e temos de dar resposta a estas situações. Fizemos muito frente ao Marítimo para merecer outro resultado e no futebol não é habitual fazer um remate à baliza e um golo. Todas as semanas vamos trabalhar para ganhar todos os jogos e esse é o objectivo até ao fim da temporada”.

Numa conferência de imprensa em que rejeitou abordar o iminente fecho do mercado, desejou sorte à candidatura do ex-colega de equipa Luís Figo à presidência da FIFA e revelou agrado com a forma como Gonçalo Paciência tem evoluído no grupo principal, o técnico espanhol deixou ainda algumas pistas sobre um possível balanço do seu percurso desde que tomou conta do comando técnico, em Julho. “Ter uma equipa jovem também tem coisas muito boas, como a energia que transmite. Prefiro concentrar-me nelas e a experiência ganha-se com o tempo. A equipa teve momentos bons, outros piores, mas concentro-me nos bons, que foram muitos. Houve muito crescimento dos jogadores”, declarou.

Inquirido sobre os aspectos negativos, o treinador deixou uma mensagem aos jornalistas: “Vocês são peritos em tudo o que é negativo do FC Porto. O positivo vê-se pouco, mas ponderam muito sobre o que consideram ser negativo, com muito carinho. Sentimos isso diariamente”.

Fonte: fcporto.pt

Liga confirma derby no domingo: horários da 20.ª jornada

A Liga confirmou, em comunicado, os horários dos encontros da 20.ª jornada do campeonato, ronda que tem o Sporting x Benfica como jogo de cabeça-de-cartaz.

O derby de Alvalade está marcado para domingo, 8 de fevereiro, e tem início marcado para as 20 horas.

Horários da 20.ª jornada:

Sábado, 7 de fevereiro:
Moreirense x FC Porto, 20h15

Domingo, 8 de fevereiro:
Paços de Ferreira x Penafiel, 16h00
Arouca x Nacional, 16h00
Marítimo x Gil Vicente, 16h00
Vitória de Guimarães x Belenenses, 16h00
Vitória de Setúbal x Académica, 16h00
Estoril x SC Braga, 18h00
Sporting x Benfica, 20h00

Segunda-feira, 9 de fevereiro:
Boavista x Rio Ave, 20h00

Fonte: abola.pt

O golo “Zlatanástico” de Jackson

Tello cobra o pontapé de canto, Jackson adianta-se a dois adversários e, com o calcanhar direito, envia a bola para o fundo das redes da Académica. As imagens do golo apontado pelo colombiano, na última quarta-feira, têm corrido Mundo, ontem com especial incidência em França, onde o Le Figaro deu destaque ao vídeo no seu sítio oficial na Internet, assim como a versão gaulesa do portal FootMercato.

Os franceses mostraram um apetite redobrado pelo tento de Jackson… que aparentemente lhes fez recordar alguns dos melhores momentos de Zlatan Ibrahimovic, ponta-de-lança do PSG. A capacidade técnica do sueco é por demais conhecida e está na origem de alguns golos fantásticos com que Ibrahimovic tem brindado os adeptos de futebol, com especial incidência os franceses ao longo dos últimos anos. Vai daí, o golo que Jackson apontou à Briosa foi ontem batizado como “Zlatanástico”, alcunha inspirada no primeiro nome de Ibrahimovic.

Este calcanhar de Jackson conduziu à redescoberta, por parte do público francês, de outros excelentes golos do colombiano ao serviço dos Dragões. As notícias na Internet que ontem faziam referência ao tento de quarta-feira rapidamente levavam os utilizadores ao golo, também de calcanhar, de Jackson frente ao Sporting e ao de pontapé de bicicleta ao Beira-Mar, ambos em 2012/13.

Fonte: record.xl.pt