FC Porto B: Dragões empatam na Premier League International Cup

Terminou empatado a dois golos o segundo jogo do FC Porto B no grupo A da International Premier League Cup, disputado esta quarta-feira, no Estádio EBB, em Aldershot (Inglaterra). Com este resultado e depois da derrota frente ao Chelsea​ na jornada anterior, os azuis e brancos precisam de uma vitória frente ao Norwich, para garantirem o apuramento para os quartos-de-final da competição.

A partida referente à primeira jornada da competição – que estava inicialmente marcada para Novembro do ano passado, mas que foi adiada devido às más condições climatéricas – abriu com o primeiro golo dos Dragões, logo no primeiro minuto, na transformação de uma grande penalidade convertida por Leandro Silva, a castigar uma falta do guarda-redes alemão sobre André Silva. O lance nasceu de uma bola recuperada pelo avançado portista no meio-campo adversário, algo que se viria a repetir em algumas ocasiões durante a primeira parte, dados os problemas evidenciados pelo Borussia Mönchengladbach no momento da transição defensiva.

O FC Porto B percebeu essas dificuldades da defesa alemã, tecnicamente limitada, e explorou-as bem, exercendo uma pressão alta e encarreirando o jogo pelas faixas, sobretudo pelo lado direito onde estava o velocista Rúben Macedo, o extremo da equipa de Sub-19, que se estreou na formação secundária dos azuis e brancos. Por duas vezes, André Silva esteve perto do 2-0, mas foram os alemães, que até então não tinham incomodado Gudiño, a chegar ao golo: Benjamin Berg, de penálti, devolveu o empate ao marcador. Ainda antes do intervalo, um remate de Leandro Silva de fora da área, obrigou Niklas Bolten a aplicar-se com uma boa intervenção e a negar.

Percebia-se que imprimindo maior rapidez ao jogo, os azuis e brancos colocavam em sentido a equipa do estado da Renânia do Norte-Vestfália e foi assim que voltaram a colocar-se em vantagem, já na segunda parte. Aos 65 minutos, Pité partiu em velocidade em direcção à área contrária e, com um potente remate, fez o 2-1, após um bom lance individual. A um quarto de hora do fim, o Borussia Mönchengladbach viria a empatar o jogo, novamente da marca dos 11 metros, a castigar uma falta de Diego Carlos, que viu o segundo amarelo e deixou o FC Porto reduzido a dez jogadores.

Sob o comando de Luís Castro, o FC Porto B alinhou com: Raul Gudiño; David Bruno, Diogo Verdasca, Diego Carlos, Rafa; Tomás Podstawski (cap.), Leandro Silva (Pavlovski, 55m) e Pité; Roniel (Lichnovky, 55m), Ruben Macedo e André Silva (Gonçalo Paciência, 60m).

Fonte: fcporto.pt

Anúncios