Regresso aos treinos já a pensar na Champions

O plantel do FC Porto regressou este sábado ao trabalho, poucas horas após a vitória por 1-0 sobre o Vitória de Guimarães. No Centro de Treinos e Formação Desportiva Porto/Gaia, no Olival, o grupo começou já a preparar o desafio de quarta-feira (19h45 de Portugal Continental), no terreno dos suíços do Basileia, a contar para os oitavos-de-final da UEFA Champions League.

Adrián López limitou-se a realizar tratamento à lesão contraída no jogo com o Sporting de Braga​, para a Taça da Liga, e foi assim o único ausente da sessão.

Os Dragões voltam a treinar este domingo, pelas 10h30, no Olival, com os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social.

Fonte: fcporto.pt

Anúncios

«O mais importante foi a equipa ter vencido» – Yacine Brahimi

A exibição de Brahimi no encontro frente ao Vitória de Guimarães – em que apontou o único golo da partida, aos 31 minutos – valeu-lhe o primeiro prémio MVP com a camisola dos Dragões, entregue após o final do jogo. Neste sábado, na superflash que decorreu no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia no Olival, o argelino disse ser uma honra receber o galardão e que o golo marcado “dá muita confiança”, mas assumiu que o mais importante “foi a equipa ter vencido”.

“É uma honra receber este prémio, mas creio que o mais importante foi a equipa ter vencido. Depois de estar ausente quase um mês e meio na CAN, era muito importante para mim, uma semana depois do meu regresso, vencer este jogo com a minha equipa. Estou muito contente”, afirmou o jogador, momentos antes de integrar mais uma sessão de trabalho sob as ordens de Julen Lopetegui.

O quinto golo na Liga, alcançado frente aos vimaranenses, é um factor de motivação para o futuro próximo: “Quando um jogador marca, isso dá muita confiança e temos jogos muito importantes em breve. Trabalho para voltar ao meu melhor nível e para estar bem fisicamente”.

Fonte: fcporto.pt

Barcelona no Dragão a ver Danilo

O clube espanhol não costuma ser um dos clubes com presença assídua no recinto portista. Assistiu ao FC Porto-V. Guimarães depois de uma semana em que o brasileiro foi associado ao clube.

Um dia depois de a imprensa espanhola ter noticiado que Danilo está a ser disputado pelo Real Madrid e Barcelona, não passou despercebido o facto de o clube catalão ter colocado um emissário no Estádio do Dragão, supostamente para ver o rendimento do defesa brasileiro. Certo é que o Barça não costuma ser um dos clubes com presença assídua no recinto portista, tendo-se juntado ontem ao Celta de Vigo, Granada e Villarreal (Espanha), Everton e Tottenham (Inglaterra), Sochaux, Lille, Montpellier e Marselha (França), Juventus e Sassuolo (Itália), PSV (Holanda) e Basileia (Suíça), este o próximo adversário portista na Liga dos Campeões.

Em foco na bancada, Danilo também deu nas vistas no relvado, tendo ainda pregado um susto ao departamento médico portista. Mal o jogo terminou, o defesa brasileiro sentou-se e chamou Nélson Puga, queixando-se de dores no tornozelo direito depois de um lance em que acabou involuntariamente atingido por Casemiro. Hoje, no regresso aos treinos, Danilo vai ser reavaliado, sabendo-se, no entanto, que a lesão não é preocupante; ou seja, deve estar em condições de poder ser chamado para a deslocação a Basileia, na quarta-feira.

Fonte: ojogo.pt

FC Porto B: Arte de Pavlovski na vitória dos Dragões

O FC Porto venceu este sábado o Feirense (1-0), no Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia, em jogo a contar para a 27.ª jornada da Segunda Liga. Um golo solitário de Pavlovski, de livre directo (57m), permitiu aos Dragões levar a melhor sobre o conjunto de Santa Maria da Feira numa tarde com muita chuva e vento.

Face às adversas condições climatéricas, este duelo entre azuis esteve muito longe de ser um bom jogo. Com o músculo a sobrepor-se à técnica, as oportunidades de golo foram coisa rara no Estádio de Pedroso e só aos 22 minutos o FC Porto B deu um ar da sua graça, mas o remate de Gonçalo Paciência encontrou as luvas de Márcio Paiva no caminho para a baliza. Pouco depois da meia-hora, na primeira vez em que o Feirense incomodou Raul Gudiño, Hélder Rodrigues proporcionou uma defesa verdadeiramente assombrosa ao guarda-redes mexicano (33m). Foi o momento mais quente de uma primeira parte muito fria e que, sem surpresa, terminou como começou.

A etapa complementar foi ligeiramente melhor do que os primeiros 45 minutos e o maior ascendente portista acabou finalmente por dar frutos. Numa execução irrepreensível de um livre directo à entrada da área, Pavlovski desfeiteou Márcio Paiva e deu vantagem ao FC Porto B (57m), repetindo com igual sucesso um lance muito idêntico ao que assinou na vitória sobre o Marítimo B. Se frente aos insulares iniciou a reviravolta portista, diante do Feirense acabou mesmo por ser absolutamente decisivo. Resistindo sempre que necessário às tímidas reacções dos fogaceiros, o FC Porto B segurou até ao fim a quarta vitória consecutiva na condição de anfitrião.

Luís Castro, treinador do FC Porto B, viu assim o triunfo da sua equipa sobre o Feirense: “Foi um jogo repartido, com ambas as equipas a dedicarem-se muito a ele. Tivemos duas ou três oportunidades para marcar e acabámos por ser mais eficazes, pois o Feirense também teve a sua possibilidade num lance em que o Gudiño fez uma grande defesa. As circunstâncias tornaram o jogo mais imprevisível e não dominámos como queríamos, mas fica o resultado e a vitória. Estamos de parabéns pois trabalhámos muito”.

FICHA DE JOGO

FC PORTO B-FEIRENSE, 1-0
Segunda Liga, 27.ª jornada
14 de Fevereiro de 2015
Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia

Árbitro: Fábio Veríssimo (Leiria)
Assistentes: Luís Marcelino e Pedro Neves
Quarto árbitro: João Bento

FC PORTO B: Raul Gudiño; Víctor García, Lichnovsky, Zé António e Rafa; Leandro Silva, Francisco Ramos e Pavlovski; Frédéric, Gonçalo Paciência (cap.) e André Silva
Substituições: Pavlovski por Tomás Podstawski (68m), Frédéric por Ruben Macedo (78m) e André Silva por Pité (86m)
Não utilizados: Kadú, David Bruno, Diego Carlos e Roniel
Treinador: Luís Castro

FEIRENSE: Márcio Paiva; Mika Freire, Tonel, Henrique e Jefferson Santos; Cris (cap.), Tiago Jogo, Paulo Grilo e Rúben Oliveira; Hélder Rodrigues e Luiz Phellype
Substituições: Hélder Rodrigues por Ouattara (60m), Jefferson Santos por Cafú (67m) e Tiago Jogo por Diogo Fonseca (76m)
Não utilizados: Makaridze, Hirooka, Igor Rocha e Fabinho
Treinador: Pedro Miguel

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Pavlovski (57m)
Disciplina: cartão amarelo a Jefferson Santos (53m), Gonçalo Paciência (69m), Luiz Phellype (76m), Cris (87m) e Lichnovsky (90m)

Fonte: fcporto.pt

Francisco Ramos renova até 2019

Francisco Ramos, médio de 19 anos do FC Porto B, renovou o seu contrato com o clube até Junho de 2019. A prorrogação do vínculo contempla uma cláusula de rescisão no valor de 20 milhões de euros.

A cumprir o seu primeiro ano de sénior, Franscisco Ramos é filho de um ex-jogador dos Dragões, Vitoriano Ramos, lateral-direito campeão nacional na temporada de 1985/86. O médio vem de uma família de futebolistas, em que se inclui o seu primo Ricardo Nunes, guarda-redes da equipa principal dos portistas.

O número 48, que está nos escalões de formação do FC Porto desde a época de 2008/09, tem sido opção regular de Luís Castro, tendo disputado 23 jogos na edição de 2014/15 da Segunda Liga e marcado três golos. Também já somou minutos na Premier League International Cup e, no Europeu de Sub-19, que se disputou em 2014, foi utilizado em quatro partidas, na qual se inclui a final, que Portugal perdeu com a Alemanha, por 1-0.

Fonte: fcporto.pt

Futebol Formação (Sub-15): Dragões sofrem primeira derrota da época

A equipa Sub-15 do FC Porto sofreu este sábado a primeira derrota da época em jogos oficiais. No Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival, o Sporting de Braga superiorizou-se por 2-1, em encontro da terceira jornada da segunda fase (zona Norte), com o golo de Leandro Campos, já nos descontos do segundo tempo, a não ser suficiente para proporcionar pelo menos o empate aos Dragões. No entanto, a formação azul e branca mantém-se na frente da classificação, a par de Vitória de Guimarães e Rio Ave (seis pontos).

O intervalo chegou com 0-0 no marcador e uma exibição intranquila do FC Porto, que efectuou vários passes errados e más decisões, perante um adversário organizado. Os Dragões não conseguiram criar grandes ocasiões de golo e foram transmitindo confiança ao adversário, que chegou à vantagem aos 50 minutos e ampliou aos 71. Os portistas nunca desistiram de chegar ao golo, mesmo que de forma pouco esclarecida, e ainda marcaram nos instantes finais (73), por intermédio de Leandro Campos.

Sob o comando de Luís Gonçalves, os Sub-15 alinharam com Carlos Peixoto, Ruben Teixeira, João Serrão (cap.), Cláudio Silva, Ruben Moura, Romário Báro, João Mário (Vasco Mesquita, 60m), Afonso Sousa, Vasco Paciência (Leandro Campos, intervalo), Vítor Ferreira (Paulo Moreira, intervalo) e Tiago Lopes (André Silva, 46m).

Fonte: fcporto.pt

Basquetebol: Dragon Force com vitória folgada em Guifões

O Dragon Force venceu este sábado o Guifões (103-55), no Pavilhão Municipal de Guifões, em Matosinhos, na 16.ª jornada da Proliga, competição que os azuis e brancos lideram isolados, cotando-se como a única equipa que até ao momento soma por vitórias todos os jogos disputados. São já 15 os triunfos consecutivos dos portistas, que continuam a demonstrar toda a sua superioridade face aos demais adversários.

Frente ao último classificado à entrada para esta ronda, os azuis e brancos entraram a todo o gás e realizaram um primeiro período absolutamente avassalador (29-8), partindo para um triunfo inequívoco e cujos números finais falam por si. Miguel Queiroz (24 pontos) (na foto) e Pedro Bastos (14 pontos) foram os elementos mais inspirados no colectivo portista, que na próxima jornada recebe o Atlético, no Dragão Caixa, no dia 21 de Fevereiro, às 17h30.

Devido a problemas informáticos ocorridos durante o jogo, relacionados com o recinto, não nos é possível apresentar a ficha completa deste jogo.

Fonte: fcporto.pt