Andebol: «O nosso sonho é passar aos quartos» – Ljubomir Obradovic

No final do encontro frente ao Füchse Berlim, Ljubomir Obradovic era um treinador conformado, que destacou a maior experiência do adversário alemão, que triunfou no Dragão Caixa por 26-20, na primeira jornada do grupo C da Taça EHF. Porém, o sérvio não deixou de apontar erros da própria equipa e deixou uma mensagem de esperança. “O nosso sonho é passar aos quartos-de-final, mas não será fácil. Hoje quase todos os adversários tinham mais de 30 anos e carreiras espectaculares nas respectivas selecções. O Miguel Martins tem 17 anos. Temos de aprender a jogar com eles e vamos ganhar mais experiência”, garantiu.

Para ultrapassar um grupo em que também estão os sérvios do Vojvodina e os dinamarqueses do Skjern (próximo adversário dos Dragões, a 22 de Fevereiro, às 14h00 de Portugal Continental), o técnico promete estudo dos erros cometidos este sábado: “Vamos em frente, de cabeça levantada. Na segunda-feira vamos ver o jogo, analisar e falar sobre como o preparamos, o que correu bem e mal”. Obradovic elogiou os adversários Nenadic – “quando entrou fez logo a diferença, marcou golos e fez jogar” – e Jaszka e frisou o facto de o Füchse estar inserido na ultracompetitiva Liga alemã.

O treinador reconheceu que os Dragões estiveram bem nos primeiros 20 minutos, mas mesmo aí o FC Porto “não aproveitou todas as oportunidades” e, depois, faltaram “os outros 40 minutos”. “Este ano estamos a construi uma equipa nova, com menos experiência do que a do ano passado. Sabíamos que este guarda-redes defende a meia-altura e praticamente todas as bolas que defendeu foram aí. O mau remate dos nossos jogadores não é mérito dele. Claro que este tipo de jogos pesa um pouco na cabeça dos atletas, que se querem mostrar”, declarou.

Fonte: fcporto.pt

Anúncios