Hóquei em patins: Tó Neves lamentou “falta de agressividade”

Em declarações após o final da partida em Oliveira de Azeméis, que ditou a eliminação dos Dragões da Taça de Portugal, Tó Neves, treinador do FC Porto Fidelidade, afirmou que os portistas não foram “agressivos em termos defensivos” e que não tomaram “as melhores decisões ofensivamente”, enquanto a Oliveirense “foi mais feliz e mais competente”.

“Não fomos uma equipa tão agressiva em termos defensivos e não tomamos as melhores decisões ofensivamente. Permitimos que a Oliveirense nos marcasse sete golos e uma equipa que sofre sete golos tem muitas dificuldades em ganhar. A primeira parte foi muito fraca em termos de hóquei em patins e, na segunda metade, os golos foram-se sucedendo. A Oliveirense esteve sempre na frente, com uma vantagem de dois golos e nós tentamos de tudo, com variações tácticas, mas o adversário foi mais feliz e mais competente e passou a eliminatória”, afirmou o técnico.

Tó Neves assumiu que um dos objectivos da época ficou pelo caminho nesta partida: “Tínhamos três no início da época, agora temos só dois. Num jogo em que apenas uma equipa podia seguir em frente, passou a equipa que foi mais feliz e concretizadora”.

Fonte: fcporto.pt

Anúncios