«Está tudo em aberto» – Ricardo Quaresma

O FC Porto foi à Suíça com a ambição de ganhar, garante Ricardo Quaresma, fez por isso no jogo, mas não conseguiu mais do que um empate, no primeiro duelo dos portistas com o Basileia na história do futebol europeu. Ainda assim, o extremo acredita que no jogo da segunda mão, os Dragões “vão fazer muito mais” para chegarem aos “quartos” da UEFA Champions League.

“Queríamos ganhar este jogo, mas só conseguimos o empate, que acaba por ser um resultado justo, apesar de que podíamos ter saído daqui com outro resultado. Mas a verdade é que está tudo em aberto para o jogo da segunda mão. Em casa, perante os nossos adeptos, faremos muito mais para continuarmos na prova e acredito que vamos ganhar”, afirmou o número sete portista, em declarações no final do encontro.

O internacional português regressou neste encontro ao banco de suplentes, acabando por entrar no decorrer da segunda parte, “determinado em ajudar” os companheiros. “Fiz o que o mister mandou. Esperei pelo meu momento e quando entrei tentei trabalhar para a equipa. Conto sempre jogar, mas respeito as opções do treinador”.

Fonte: fcporto.pt

Anúncios