FC Porto B: Dragões derrotados nos Açores

O FC Porto B foi derrotado, esta quarta-feira, pelo Santa Clara (1-0), no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, em jogo da 28.ª jornada da Segunda Liga. O resultado deixa a formação orientada por Luís Castro na 12.ª posição da tabela, com 41 pontos.

Os 17 pontos que separavam as duas equipas à entrada para esta partida não se reflectiram, porém, no que se passou dentro das quatro linhas, onde se assistiu a um jogo equilibrado e pobre, com poucos lances dignos de registo junto das balizas, sobretudo na primeira parte. O primeiro surgiu aos 20 minutos para os açorianos, a que os Dragões responderam, logo a seguir, num remate de David Bruno parado de forma brilhante pelo guarda-redes Serginho (24m).

O marcador seria inaugurado pelos da casa pouco depois da meia hora, por intermédio de Batatinha, no único remate açoreano à baliza de Kadú – a eficácia explicava o resultado ao intervalo. Na segunda parte, Santa Clara surgiu mais rematador, a querer controlar as rédeas do jogo, dispondo das melhores oportunidades de golo, justificando aí a vantagem que trazia da primeira metade do encontro.

O FC Porto B apenas por duas vezes levou algum perigo à área dos açorianos: primeiro, num cruzamento de trivela David Bruno que André Silva não foi capaz de emendar (60m); e depois, perto do fim do jogo, num remate torto do brasileiro Anderson – o reforço de Inverno que se estreou com a camisola portista -, que não deu a melhor sequência a uma boa jogada colectiva, não evitando assim o desaire dos Dragões.

FICHA DE JOGO

SANTA CLARA-FC PORTO B, 1-0
Segunda Liga, 28.ª jornada
18 de Fevereiro de 2015
Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada (Açores)

Árbitro: Jorge Tavares (Aveiro)
Assistentes: Paulo Soares e Pedro Miguel Ribeiro
Quarto árbitro: André Almeida

SANTA CLARA: Serginho (g.r.); Mike, Accioly, Amoreirinha e Ruben Ribeiro; Jimmy, Tiago Ronaldo, Pacheco e Ludovic; Rafael Batatinha e Clemente.
Substituições: Ely por Ludovic (69m), Vuoho por Clemente (82m), Materazzi por Batatinha (89m)
Não utilizados: Hugo Viveiros (g.r.), Malafaia, Nuno Silva, Davide
Treinador: Filipe Gouveia

FC PORTO B: Kadú (g.r.); Víctor Garcia, Zé António, Lichnovsky e David Bruno; Podstawski, Pavloski e Francisco Ramos; Roniel, Frederic e André Silva.
Substituições: Anderson por Roniel (59m), Pité por Podstawski (66m), Rui Pedro por Frédéric (78m)
Não utilizados: André Caio (g.r.), Rafa, Diego Carlos, João Graça e Leandro Silva
Treinador: Luís Castro

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: Batatinha (32m)
Disciplina: cartão amarelo a Lichnovski (20m), Amoreirinha (30m), Anderson (73m)

Fonte: fcporto.pt

FC Porto B: «Temos de ser empenhados e dedicados» – Luís Castro

Apenas quatro dias depois do triunfo caseiro sobre o Feirense (1-0), o FC Porto B volta a entrar em campo já esta quarta-feira, na 28.ª jornada da Segunda Liga, frente ao Santa Clara, nos Açores (16h00 locais, 17h00 em Portugal Continental). Luís Castro acredita que os açorianos vão exigir “o máximo” dos Dragões num jogo em que o objectivo portista é claro: “Só pensamos na vitória”.

“Vamos defrontar uma equipa muito difícil, que na jornada anterior fez uma excelente exibição, apesar do empate frente ao Beira-Mar (0-0). O Santa Clara é uma equipa madura, que vem subindo de rendimento nos últimos tempos, e que vai exigir o máximo de nós. Temos de ser empenhados, dedicados e só pensamos na vitória, pois esse é o nosso objectivo”, declarou Luís Castro, ao Porto Canal e www.fcporto.pt, no lançamento do desafio com o actual 23.º e penúltimo classificado, com 24 pontos. Os azuis e brancos seguem na nona posição, com 41.

Luís Castro garantiu ter ficado satisfeito com a performance colectiva diante do Feirense e relembrou a importância de um crescimento sustentado a todos os níveis, se possível acompanhado de mais vitórias. “Fizemos uma boa exibição e é importante que consigamos manter o mesmo nível no próximo jogo. O crescimento individual tem de acompanhar o colectivo e é isso que pretendemos em todos os jogos, pelo que o próximo não será diferente. Ainda temos muitos encontros pela frente e procuraremos aliar esse crescimento a bons resultados, pois é isso que nos deixa satisfeitos”, acrescentou o técnico dos “bês”.

O jogo entre Santa Clara e FC Porto B, da 28.ª jornada da Segunda Liga, disputa-se esta quarta-feira, às 16h00 locais (17h00 em Portugal Continental), no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, nos Açores.

Fonte: fcporto.pt

FC Porto B: Arte de Pavlovski na vitória dos Dragões

O FC Porto venceu este sábado o Feirense (1-0), no Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia, em jogo a contar para a 27.ª jornada da Segunda Liga. Um golo solitário de Pavlovski, de livre directo (57m), permitiu aos Dragões levar a melhor sobre o conjunto de Santa Maria da Feira numa tarde com muita chuva e vento.

Face às adversas condições climatéricas, este duelo entre azuis esteve muito longe de ser um bom jogo. Com o músculo a sobrepor-se à técnica, as oportunidades de golo foram coisa rara no Estádio de Pedroso e só aos 22 minutos o FC Porto B deu um ar da sua graça, mas o remate de Gonçalo Paciência encontrou as luvas de Márcio Paiva no caminho para a baliza. Pouco depois da meia-hora, na primeira vez em que o Feirense incomodou Raul Gudiño, Hélder Rodrigues proporcionou uma defesa verdadeiramente assombrosa ao guarda-redes mexicano (33m). Foi o momento mais quente de uma primeira parte muito fria e que, sem surpresa, terminou como começou.

A etapa complementar foi ligeiramente melhor do que os primeiros 45 minutos e o maior ascendente portista acabou finalmente por dar frutos. Numa execução irrepreensível de um livre directo à entrada da área, Pavlovski desfeiteou Márcio Paiva e deu vantagem ao FC Porto B (57m), repetindo com igual sucesso um lance muito idêntico ao que assinou na vitória sobre o Marítimo B. Se frente aos insulares iniciou a reviravolta portista, diante do Feirense acabou mesmo por ser absolutamente decisivo. Resistindo sempre que necessário às tímidas reacções dos fogaceiros, o FC Porto B segurou até ao fim a quarta vitória consecutiva na condição de anfitrião.

Luís Castro, treinador do FC Porto B, viu assim o triunfo da sua equipa sobre o Feirense: “Foi um jogo repartido, com ambas as equipas a dedicarem-se muito a ele. Tivemos duas ou três oportunidades para marcar e acabámos por ser mais eficazes, pois o Feirense também teve a sua possibilidade num lance em que o Gudiño fez uma grande defesa. As circunstâncias tornaram o jogo mais imprevisível e não dominámos como queríamos, mas fica o resultado e a vitória. Estamos de parabéns pois trabalhámos muito”.

FICHA DE JOGO

FC PORTO B-FEIRENSE, 1-0
Segunda Liga, 27.ª jornada
14 de Fevereiro de 2015
Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia

Árbitro: Fábio Veríssimo (Leiria)
Assistentes: Luís Marcelino e Pedro Neves
Quarto árbitro: João Bento

FC PORTO B: Raul Gudiño; Víctor García, Lichnovsky, Zé António e Rafa; Leandro Silva, Francisco Ramos e Pavlovski; Frédéric, Gonçalo Paciência (cap.) e André Silva
Substituições: Pavlovski por Tomás Podstawski (68m), Frédéric por Ruben Macedo (78m) e André Silva por Pité (86m)
Não utilizados: Kadú, David Bruno, Diego Carlos e Roniel
Treinador: Luís Castro

FEIRENSE: Márcio Paiva; Mika Freire, Tonel, Henrique e Jefferson Santos; Cris (cap.), Tiago Jogo, Paulo Grilo e Rúben Oliveira; Hélder Rodrigues e Luiz Phellype
Substituições: Hélder Rodrigues por Ouattara (60m), Jefferson Santos por Cafú (67m) e Tiago Jogo por Diogo Fonseca (76m)
Não utilizados: Makaridze, Hirooka, Igor Rocha e Fabinho
Treinador: Pedro Miguel

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Pavlovski (57m)
Disciplina: cartão amarelo a Jefferson Santos (53m), Gonçalo Paciência (69m), Luiz Phellype (76m), Cris (87m) e Lichnovsky (90m)

Fonte: fcporto.pt

Francisco Ramos renova até 2019

Francisco Ramos, médio de 19 anos do FC Porto B, renovou o seu contrato com o clube até Junho de 2019. A prorrogação do vínculo contempla uma cláusula de rescisão no valor de 20 milhões de euros.

A cumprir o seu primeiro ano de sénior, Franscisco Ramos é filho de um ex-jogador dos Dragões, Vitoriano Ramos, lateral-direito campeão nacional na temporada de 1985/86. O médio vem de uma família de futebolistas, em que se inclui o seu primo Ricardo Nunes, guarda-redes da equipa principal dos portistas.

O número 48, que está nos escalões de formação do FC Porto desde a época de 2008/09, tem sido opção regular de Luís Castro, tendo disputado 23 jogos na edição de 2014/15 da Segunda Liga e marcado três golos. Também já somou minutos na Premier League International Cup e, no Europeu de Sub-19, que se disputou em 2014, foi utilizado em quatro partidas, na qual se inclui a final, que Portugal perdeu com a Alemanha, por 1-0.

Fonte: fcporto.pt

FC Porto B: Luís Castro quer “bom jogo” dos Dragões frente ao Feirense

​Caso o FC Porto B repita o resultado da primeira volta​ frente ao Feirense (2-1), este sábado, no Estádio de Pedroso (16h00), alarga para quatro a série vitoriosa na Segunda Liga, nos encontros em casa. Na partida da 27.ª jornada, entre duas equipas separadas por dois pontos na tabela – os portistas ocupam o 12.ª lugar (38 pontos), quatro posições abaixo dos fogaceiros (40) -, Luís Castro aposta num bom jogo e num triunfo dos azuis e brancos, cujas exibições, defende o técnico, não se têm reflectido nos resultados.

“Espero um jogo bem jogado, quer da parte da nossa equipa, quer da do Feirense, que está numa boa posição na classificação. Infelizmente, a nossa produção não tem tido correspondência nos resultados”, afirmou o treinador dos Dragões, em declarações ao www.fcporto.pt e ao Porto Canal.

Este é o terceiro jogo dos “bês”, no espaço de oito dias, em que defrontaram, em Inglaterra, o Borussia de Mönchengladbach, para a International Premier League Cup, e o União da Madeira, no Funchal, para a Segunda Liga, onde somaram uma pesada derrota. Luís Castro acredita, no entanto, que o calendário carregado não terá influência na prestação da equipa. “Estamos a fazer de tudo, ao nível da recuperação, para que não isso não tenha incidência negativa. Claro que jogar menos de 72 horas depois é sempre difícil e esse é, na minha opinião, o tempo mínimo de recuperação das equipas. Poderão notar-se, aqui e ali, alguns pontos de fadiga num ou noutro jogador, mas espero uma equipa bastante animada e que ultrapasse isso através da sua dimensão mental”.

FC Porto B: Dragões empatam na Premier League International Cup

Terminou empatado a dois golos o segundo jogo do FC Porto B no grupo A da International Premier League Cup, disputado esta quarta-feira, no Estádio EBB, em Aldershot (Inglaterra). Com este resultado e depois da derrota frente ao Chelsea​ na jornada anterior, os azuis e brancos precisam de uma vitória frente ao Norwich, para garantirem o apuramento para os quartos-de-final da competição.

A partida referente à primeira jornada da competição – que estava inicialmente marcada para Novembro do ano passado, mas que foi adiada devido às más condições climatéricas – abriu com o primeiro golo dos Dragões, logo no primeiro minuto, na transformação de uma grande penalidade convertida por Leandro Silva, a castigar uma falta do guarda-redes alemão sobre André Silva. O lance nasceu de uma bola recuperada pelo avançado portista no meio-campo adversário, algo que se viria a repetir em algumas ocasiões durante a primeira parte, dados os problemas evidenciados pelo Borussia Mönchengladbach no momento da transição defensiva.

O FC Porto B percebeu essas dificuldades da defesa alemã, tecnicamente limitada, e explorou-as bem, exercendo uma pressão alta e encarreirando o jogo pelas faixas, sobretudo pelo lado direito onde estava o velocista Rúben Macedo, o extremo da equipa de Sub-19, que se estreou na formação secundária dos azuis e brancos. Por duas vezes, André Silva esteve perto do 2-0, mas foram os alemães, que até então não tinham incomodado Gudiño, a chegar ao golo: Benjamin Berg, de penálti, devolveu o empate ao marcador. Ainda antes do intervalo, um remate de Leandro Silva de fora da área, obrigou Niklas Bolten a aplicar-se com uma boa intervenção e a negar.

Percebia-se que imprimindo maior rapidez ao jogo, os azuis e brancos colocavam em sentido a equipa do estado da Renânia do Norte-Vestfália e foi assim que voltaram a colocar-se em vantagem, já na segunda parte. Aos 65 minutos, Pité partiu em velocidade em direcção à área contrária e, com um potente remate, fez o 2-1, após um bom lance individual. A um quarto de hora do fim, o Borussia Mönchengladbach viria a empatar o jogo, novamente da marca dos 11 metros, a castigar uma falta de Diego Carlos, que viu o segundo amarelo e deixou o FC Porto reduzido a dez jogadores.

Sob o comando de Luís Castro, o FC Porto B alinhou com: Raul Gudiño; David Bruno, Diogo Verdasca, Diego Carlos, Rafa; Tomás Podstawski (cap.), Leandro Silva (Pavlovski, 55m) e Pité; Roniel (Lichnovky, 55m), Ruben Macedo e André Silva (Gonçalo Paciência, 60m).

Fonte: fcporto.pt

FC Porto B: «Queremos jogar bem e vencer» – Luís Castro

Depois de uma ingrata derrota diante do Chelsea Sub-21 (1-2), o FC Porto B defronta esta quarta-feira, às 19h00, os alemães do Borussia Mönchengladbach, em jogo em atraso da jornada inaugural do grupo A da Premier League International Cup. Luís Castro sublinhou que o momento actual é diferente daquele para o qual estava inicialmente agendado este jogo, mas deixou uma garantia: “A ideia passa sempre por ganhar”.

“Sentimos a obrigação de pontuar neste jogo, que tem um enquadramento diferente pois acontece poucos dias antes de voltarmos a jogar para a Segunda Liga. Queremos jogar bem e vencer, sabendo de antemão que temos de analisar bem qual a equipa a utilizar em virtude do calendário. De qualquer forma, a ideia passa sempre por ganhar o jogo”, declarou o treinador do FC Porto B, ao Porto Canal e www.fcporto.pt, no lançamento do desafio que irá opor os Dragões à equipa Sub-21 do emblema alemão.

Apesar da derrota na primeira jornada, os azuis e brancos mantêm legítimas aspirações numa passagem à seguinte, mas é necessário pontuar e fazer contas. “Sabemos que, dada a nossa situação, obriga-nos, no mínimo, a empatar. Temos de fazer quatro pontos nos últimos dois jogos para podermos continuar em prova. É um quadro difícil, mas é um quadro possível. Vamos entregar-nos por completo a este jogo sem pensar no futuro e acredito que poderemos ser bem sucedidos. Teremos pela frente uma equipa forte, mas temos potencial e qualidade para vencer”, acrescentou Luís Castro.

O jogo entre FC Porto B e Borussia Mönchengladbach Sub-21, da primeira jornada do grupo A da Premier League International Cup, disputa-se esta quarta-feira, às 19h00, Estádio Aldershot, em Inglaterra.

Fonte: fcporto.pt